... nossos papermodels são "bolhas" para slotcar na escala 1/32.
São desenvolvidos sob contrato, e os arquivos não estão disponíveis para download.
As carrocerias são comercializadas apenas montadas, a R$20,00 a peça, "in our local store".
contatos:

motorworks@gmx.com

... amigos ...

maio 29, 2013

... o mais moderno "silhouette" brasileiro ...

... o superclio,  teve vida curta.
Apenas uma temporada, 2006.
Construído pela Marques Motorsports (corrige-me o sábio das terras do sul, dizendo que o carro era construído pela Action Powers. Mesma coisa.) , era(é), basicamente, uma "célula de sobrevivência" equipada com um poderoso motor renault 2.0 com aproximadamente 247 cv, câmbio Sadev de 6 marchas, e pneus pirelli em rodas de 18 polegadas, com uma carroceria de fibra.
O carrinho é um espetáculo.
Sucesso mundial das corridas online sobre o software rFactor, graças ao espetacular mod desenvolvido pela BRDev - Marcelo Pereira , Murilo Zimmer, Fabio Pittol, Sérgio Villarin, Ricardo Pedro, André Meister, Renato Silva e André Bragantini Jr. - , sem dúvida um dos melhores mods desenvolvidos para a plataforma.
Em 2012, "sob nova direção", a categoria foi "ressuscitada", com o nada atrativo nome de "sprint race".
Recentemente, a sprint race apresentou  o "mod oficial" para rfactor, com direito a festa de lançamento e tudo.
Segundo o responsável pela categoria, "... as únicas categorias que possuem game oficial no Brasil são a Formula Truck, a Stock Car e a Sprint Race..."
O mod incorpora todos os carros de 2013 , e sete autódromos, que já estavam disponíveis para o rfactor, a saber:
caruarú, cascavel, curitiba (conversão ilegal do modelo da Simbin para o Race - The WTCC Game) , jacarepaguá, londrina, interlagos e tarumã.
Lamentavelmente, o mod "oficial" nem de perto se compara ao mod original.
Informa ainda o mod "oficial" que "... todos os arquivos e informações contidos no instalador são de propriedade da Sprint Race ( ou coisa que o valha, foge-me o texto correto) ..."
Não.
Não.
O mod Superclio é de propriedade da BRDev, e cada circuito incluido no pacote é de propriedade do autor.
E, mais lamentável, em nenhum momento o mod "oficial" menciona os autores do mod original (BRDev), nem os autores dos circuitos (exceção aos circuitos de curitiba e jacarepaguá, que contém um read-me.txt).
É até admissível que alguém faça conversões, e "adaptações" de mods existentes para uso pessoal, ou em ligas privadas.
Seria copreensível que algum fã da categoria fizesse este tipo de coisa.
Mas não se pode admitir, em hipótese nenhuma, que uma categoria "profissional" tenha este tipo de atitude , ainda mais para lançamento de um "mod oficial".
Registre-se minha indignação e meu protesto.
Tenho dito.

(Ah, sim, só para saber, sou apaixonado pelo carrinho! )



6 comentários:

  1. hehehe, chupou limão, chefe?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ... cara, só quem faz este tipo de trabalho, seja uma simples pintura de um carro, ou um circuito, ou um mod completo, é que sabe o trabalho que dá.
      são centenas, (talvez milhares) de horas de pesquisa, trabalho,conhecimento (que requer mais estudo, mais pesquisa, conhecimento das ferramentas disponiveis) dedicação e carinho.
      e, na grande maioria das vezes, o retorno financeiro é zero, ou limitado a pequenas doações e publicidade, que raramente dá para pagar o custo da internet.
      o "grande premio", o grande pagamento é o reconhecimento pelo trabalho bem feito.
      não se pode tirar isso de quem de direito.

      Excluir
  2. A indignação voltou...
    Não tenho dúvidas que está recuperado.
    C.H.G.M.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ... jamais perder a capacidade de indignar-se.
      essa é a lei ...

      Excluir
  3. Não estou dizendo?
    C.H.G.M.

    ResponderExcluir